62894388 @elapensatambem: Passado, marcas e bagagem desnecessária.

recent posts

23 de nov de 2015

Passado, marcas e bagagem desnecessária.

Lembro de uma pregação feita pelo meu pastor a respeito de pecados que já foram perdoados e agente insiste em ficar lembrando, meu pastor disse naquela pregação que toda vez que a gente confessa a Deus os nossos pecados, Ele os joga no mar do esquecimento e coloca uma placa escrita: Proibido pescar!
Atualmente eu me encontro caminhando rumo a uma mudança muito grande na minha vida, e como toda grande mudança, ela traz consigo muitos questionamentos, não só referente a aquilo que estar por vir mas como também daquilo que se foi. Um dia desses li no facebook de um amigo a frase de uma música do Jorge Vercillo "Qual de nós foi buscar o que já viu partir", essa música fala sobre saudade de alguém que se foi, de erros cometidos, de um tempo que não se pode voltar, de palavras que não foram ditas. Tem uma outra música da Daniela Araújo que diz: "O passado do futuro não está em minhas mãos, e tem tudo que me assusta dentro do meu coração".


Isso me fez lembrar do tempo em que era ainda mais jovem, das minhas inúmeras precipitações, de como tudo era tão extremista, nada podia esperar e tudo tinha que acontecer, porque a vida era uma só. Hoje me olho no espelho e perco um tempo procurando aquela parte de mim, será que ela realmente se foi, ou apenas está adormecida? Será que a deixo ir ou a trago de volta?
Eu queria ter um laguinho do esquecimento só meu, onde pudesse jogar algumas lembranças e simplesmente esquecê-las, mas cheguei a conclusão que poderia esquecer de lembranças que não deveriam ser esquecidas, sei que muito do que vivi não me matou, mas me fortificou, tive que aprender, o tempo passou e eu precisei crescer.
O problema é quando essas lembranças nos deixam demasiadamente cansados, com a bagagem pesada e aí "as lembranças do passado vêm e querem nos fazer parar".
Para toda a ferida curada existe uma cicatriz, essa marca está aí para nos lembrar que vencemos aquilo que antes nos machucava tanto, mas se olhamos para ela e ainda sentimos alguma dor, então, ainda não fomos totalmente curados.
Assuntos que ainda não foram resolvidos, perdão que ainda não foi liberado ou pecados que não foram confessados, são coisas que impedem que a ferida cicatrize corretamente.
Bem, é necessário retirar essas coisas da sua bagagem, pois elas só irão te atrapalhar.

Deixe a mudança acontecer, a gente sempre tem medo daquilo que é novo, mas é o Novo que nos traz nova vida.


Era o fim da estrada, era o fim do mundo ali, mas o sol brilhava inacreditável em si
Não se imaginava foi o fim de tudo, eu vi, mas o sol teimava em raiar e resistir e no mesmo dia em que a "profecia do fim"se revelaria, eu te conheci assim...

O Novo chegou, te recebo bem!


Nenhum comentário:

Postar um comentário