62894388 @elapensatambem: 2017

recent posts

22 de ago de 2017

Mudanças, frustrações e fé.

Hoje estive conversando com uma pessoa a respeito de mudanças. No nosso caso a mudança não é muito bem vinda pois se trata de um desemprego.

Tal pessoa havia me dito que não gostava de mudanças, e pela nossa conversa dava pra sentir que a mesma estava frustrada, mesmo sabendo que as nossas demissões não tinha nada haver com o nosso desempenho profissional ou com algo no qual fossemos culpados, mesmo sabendo que a mudança sofrida é reflexo da atual situação econômica do nosso país, ainda assim ela estava frustrada.

Não sei dizer se sou uma ingênua otimista, mas disse aquela pessoa que para mim toda mudança pode ser uma oportunidade.

Oportunidade de avaliar a sua carreira profissional, oportunidade de decidir se continuará investindo na profissão, oportunidade de fazer um curso mesmo que gratuito, organizar coisas que sempre ficam pendentes devido a rotina do trabalho.

Sei que a situação econômica do país está para lá de complicada, sei que muitas estão passando dificuldades por conta disso, mas eu também sei que alimentar um sentimento de frustração não ajudará.
Desejo no fundo do meu coração forças a todos que estão travando essa luta do desemprego, sei que a carga é pesada mas com fé e dedicação é possível vencer.  Para mim tudo o que acontece na minha vida tem um propósito, e nessa vida, nesse percurso passarei por problemas e dificuldades, mas eu sei que essas coisas não prevalecerão.

Confie!

Amanhã tem mais, até.

Minha Horta: Plantas Companheiras

Comecei a escolher os vegetais que plantaria na minha horta de acordo com esse infográfico.
O escolhi porque ele possui a maioria dos vegetais que consumo e também porque amei a idéia de plantação conjunta.
Plantação Conjunta ou Plantio Consorciado é um sistema onde as espécies cultivadas se beneficiam biologicamente, esse sistema é uma alternativa de plantio para agricultura orgânica. Uma planta é naturalmente companheira da outra e ambas se ajudam, dessa forma a horta se desenvolve de forma mais saudável e os insetos são controlados a fim de não prejudicarem a horta.
Aqui em casa nós não costumamos comer Rabanete, mas estou tentada a plantar, o Rabanete é uma planta pra lá de companheira, ele atrai os comedores de folhas, o bichinhos vão atrás das folhas do Rabanete e deixam as minhas folhas sossegadas rsrsrs.

Sugiro a você fazer uma pesquisa no Google para ver quais plantas são companheiras uma das outras, dessa forma você terá um desenvolvimento saudável da sua horta e o melhor sem o uso de qualquer produto químico.

Ah você pode conferir o Infográfico nesse post: Minha horta: Vamos Plantar!

Fonte: Plantio Consorciado: Forma Natural de combate a pragas.

21 de ago de 2017

Minha receita: Omelete flor de abóbora e folha de alho

Hello people!
Disse para vocês que iria experimentar outras receitas com a flor de abóbora e dessa vez também usei a folhas do meu pezinho de alho. 

Plantei um dente de alho aqui no meu canteiro e sempre que a folha começa a amarelar nas pontinhas e a retiro. A folha de alho pode ser usada como o alho mesmo e nossa como ela é cheirosa.
Fazer omelete é uma das coisas mais fáceis do mundo. Piquei a flor da abóbora, a folha de alho, cheiro verde, cebolinha, um tomate hoje, coloquei orégano, cominho e sal. Quebrei um ovo, mexi tudo com um garfo.

Esquentei a frigideira de teflon coloquei um fio de azeite e espalhei pela frigideira em seguida derramei o omelete no centro da frigideira, quando deu o ponto dobrei o omelete no meio e o voilà! Está pronto!

O que achei do prato:

Bem é um omelete bem temperado, e a flor de abóbora de um gosto super suave, sugiro adicionar a receita o queijo parmesão.

Amanhã tem mais post, até! 

20 de ago de 2017

Esperar e crescer - BEDA20

Ao seu tempo cada coisa dá o se fruto.

Flor de abóbora fêmea, essa deixo no pé e não como.

Flor de tomate, ainda não sei de qual tipo é.
Mudinhas de 🍓 morango.
Tomatinhos.

19 de ago de 2017

Minha Horta: Adubo caseiro - BEDA19

Hello people!

Casca de ovo, borra de café, casca de banana e casca de batata. Esses são os ingredientes nada secretos responsáveis pela saúde da maioria das hortas caseiras por aí.

Hoje vou compartilhar com vocês algumas dicas que já utilizo aqui em casa e sei que muita gente joga esses ingredientes no lixo. Let's Go people!
Casca de ovo: Velho segredinho da vovó, a farinha de casca de ovo é responsável pelo fornecimento de potássio, você pode usá-la na sua comida ou nas suas plantinhas. Lave a casca de ovo e coloque em um lugar arejado para secar, eu coloco no basculante da cozinha, quando tiver uma boa quantidade triture no liquidificador. Pode guardar em pote qualquer porém tampado.

Borra de Café: Sabe aquela borra do café que você faz todos os dias e todo o dia joga fora, então, esse material é rico em nitrogênio as plantas amam, guarde a dentro de um pote na geladeira e vai juntando aí.
Casa de banana ou batata: Ricas em potássio esses dois ingredientes podem mudar a saúde da sua planta do dia para noite, é só descascar e guardar na geladeira também.
Agora que você já tem todos os ingredientes vou ensinar como usá-los. Existem várias formas, fiz a seleção de algumas para vocês:
Por cima da terra: Gosto de misturar a borra de café e farinha da casca do ovo e joga-las ao redor da planta, não encostando no caule. Conforme vou realizando as regas esse preparado se infiltrará na terra servindo de nutrientes para planta.
Suco de batata: Costumo bater a casca da batata no liquidificador e rego as minhas plantas com esse suco, faça um suco bem ralo, excesso de nutrientes pode matar a sua planta.
Chá de casca de banana: Pode juntar todas as partes da banana inclusive o talo e aquela banana podre também. Coloque tudo dentro de uma panela com água e deixe ferver. Após isso passe a banana na peneira e misture com mais água para não ficar forte em seguida regue as plantas, lembrando que a água não pode estar quente.

Preparação da terra: Todos esses ingredientes podem ser misturados na terra para plantar. É bem simples misture todos os ingredientes aqui mencionados, de acordo com a quantidade de terra que você tem, esses ingredientes devem ser aproximadamente 30% da quantidade da sua terra, vou no olhometro mesmo, deixe dentro de um vaso tampado, ou cubra a terra que você adubou com alguma coisa, plástico, folhas secas, telha em fim qualquer coisa que possa cobrir, para mim a folha seca é a melhor opção, deixe ali repousando por duas semanas, após isso é só plantar.
Essas são as formas que utilizo esses ingredientes para a adubação e cuidados com as minhas plantas, na internet vocês irão encontrar várias outras formas, deixo uma seleção de vídeos para vocês, ensinando como fazer:

Espero que tenha gostado desse post, amanhã tem mais, até!

17 de ago de 2017

A dor, a lembrança e a cura.

Tem coisas na vida que não queremos aceitar, porque a sua aceitação dói demais, a gente convive com a dor por falta de opção, não se tem muito o que fazer a não ser sentir, e por vezes já não suportando tanta dor a nossa mente vaga perdidamente em meio a objetos, sons, cores e pessoas, até que a nossa própria mente nos lembra da nossa dor, por vezes pensei estar sendo torturada pelas minha próprias lembranças.

Em um processo de cura o nosso cérebro esconde vários momentos em nosso subconsciente, seria terrível para nós lembramos de tudo nos mínimos detalhes, nunca deixaríamos de sentir dor, porque a verdade é essa, precisamos esquecer parcialmente dessas lembrança s para seguir em frente.
Por vezes criamos resistência a esse processo porque não queremos  perder algo tão bom que é a lembrança de quem se ama e não vive mais.

16 de ago de 2017

Minha Horta: Mini compostagem de mato. - BEDA16

Hello people!
Como vocês estão? Hoje compartilho com vocês uma dica super fácil.

Como vocês sabem estou focada em ter uma horta aqui em casa, aos poucos estou chegando lá.
Apesar de morar em uma casa com quintal eu também preciso de adubo para as minhas plantas e para ter uma horta saudável é necessário muito adubo.
Pensando nisso criei uma forma de usar o capim que nasce mais do que chuchu na rama aqui em casa como adubo, é bem simples. Let's Go!
Eu faço esse adubo com os matinhos que retiro do meio das plantas, aquele capim novo que brota no vasos e canteiros.
Após colher esse capim eu o coloco no liquidificador com um pouco de água e bato. Passo então na peneira.
Eu costumo misturar o líquido que sobra na água em que vou regar as plantas, elas super amam!
O capim triturado eu uso para fazer uma mini compostagem.
Pego um vaso com furos no fundo, e faço camadas de folhas secas e o capim triturado.
Começo com a folhas secas e vou intercalando com o capim, a última camada é a de folhas secas.

Depois de completar o vaso jogo um pouco de terra e cubro com mais uma camada de folhas secas.
Deixo o quietinho em um canto por 15 dias mais ou menos.
Qua
Esse mês estou participando do BEDA então fique ligadinha aqui pois haverá post no blog todos os dias.
Até o próximo post!

15 de ago de 2017

1 Ano 12 Cores: Nossa Cor Marrom.

Tem cor mais bonita do que a nossa própria cor?

Eu particularmente amo a minha cor de pele, e para mim ela está na tonalidade certa, nem mais clara e nem mais escura. Conheço algumas pessoas que de certa forma não estão contentes com a sua, algumas porque não podem pegar aquele bronzeado e outras por discriminação mesmo.
Existe uma pluralidade de cores nesse Brasil e na minha opinião esse é o chame do povo brasileiro. Vou dizer pra você que sou do tipo diferentona, se todos nascemos exatamente da mesma cor eu iria me pintar da cabeça aos pés todos os dias, amo a diversidade de cores, quero mais que tudo seja colorido, de várias tonalidades.
Não importa qual a cor da sua pele, se é muito clara ou se é muita escura, se no sol você fica vermelho ou bronzeado, você faz parte de nós, faz parte desse organismo, faz parte desse planeta. Olha em sua volta e veja que o verde da floresta é diferente entre si, olha o arco-íris quantas cores ele tem, as flores, os animais tudo é colorido. Quantas cores você consegue observar só estando aí parado lendo esse post?
Com um planeta assim todo colorido, o que te faz pensar que nós seres humanos seríamos de uma cor só?
Aceite a sua cor, porque ela é a mais bonita de todas, ela um presente, você faz parte dessa biodiversidade linda, você faz parte dessa Natureza também.
Eu amo a minha cor e espero que você após ler esse post, passe a amar a sua também.

*** 1 Ano 12 Cores ***
Quer saber tudo sobre o nosso projeto siga a nossa hashtag #1ano12cores no Instagram.
Conheça os blogs participantes:



Amanhã tem mais, fique por aqui. Até!

14 de ago de 2017

Minha receita: Flor de abóbora à milanesa

Hello people!
Olha eu aqui de novo! Dessa vez trago uma novidade culinária para vocês.

Como vocês sabem eu tenho um pé de abóbora aqui em casa e ele finalmente começou a dar flores. Uhu!!! A pessoa aqui estava toda impaciente porque o pé crescia e não dava uma florzinha se quer. Fazendo as minhas pesquisas pela internet descobri uma receita italiana feita com flores de abóbora.
Aqui no Brasil esse lance de comer flores ainda não é nada comum, mas em alguns países da Europa isso é tradição, então vamos a receita.
Flor de Abóbora à Milanesa
Você irá colher as flores machos no seu pé, aquelas que já está muchas, não pegue a flor que tem uma "barriga" porque é dessas flores que nascerão a abóbora.
Após colher as flores você irá lavá-las em água fria de forma bem delicada, retire de dentro dela o miolo e lave ali dentro também, faça tudo com cuidado pois essas flores são muito delicadas. Coloques em um papel toalha e enxugue.

Bata um ovo, e misturei nesse ovo o cominho, orégano, folhas de alho e sal, você pode colocar o tempero de sua preferência.
O processo é bem simples primeiro passe a flor no ovo, depois na farinha de trigo, passe no ovo novamente.

Por fim passe na farinha de rosca.

Coloque o óleo na frigideira e quando estiver quente frite a flor. Está pronta a nossa receita.


O que achei do prato.
A textura da flor é bem legal, achei que fosse absorver muito óleo quando gritasse, mas não ela fica bem sequinha, a flor não possui um sabor forte não o gosto dela é bem suave, então se você colocar temperos muito fortes no ovo eles irão roubar toda a cena.
Bem irei experimentar outras receitas e é claro contarei tudinho pra vocês.

Amanhã tem mais post, até!

Fonte: A cozinha de Cacau.

13 de ago de 2017

Eu, meu Pai e a nossa Horta.

Deus chamou o meu pai à sua presença quando eu tinha 17 anos.

Foto: Pâmela Photo Produções

Foi uma época muito difícil para nós, com o tempo eu e a minha família tivemos que superar, acho que faz parte dessa superação perdermos algumas lembranças, creio que se a memória dele fosse muito viva não conseguiríamos passar pelo luto.

Existem lembranças que jamais irei perder a respeito dele, e uma delas é a horta que fez no quintal de nossa casa. Era uma época muito complicada e como meu pai era filho de lavrador ele não podia deixar aquela terra ali improdutiva, embora fosse uma época de desemprego que durou por cinco anos, foram os melhores anos da minha vida.

Com ele eu aprendi que bosta de vaca serve para adubar as plantas, com ele aprendi que aipim e batata doce ficam embaixo da terra, com ele conheci a flor mais linda do mundo, que na minha opinião é a flor de maracujá, por causa dele brincava de labirinto com os gatos na pequena plantação de milho.

Na minha adolescência já não ligava muito para terra e o meu pai após arrumar um emprego não tinha mais tempo para horta, afinal eram cinco filhos para criar.

Hoje fico me perguntando como seria nós dois juntos cuidando de uma horta. Me perdi um pouco no tempo, confesso, mas agora nessa fase mais adulta redescobri a minha paixão, sabe aquela coisa que te traz todo um significado, fazer aquilo que você ama, então, de fato isso não tem preço.


Amanhã tem mais, Feliz Dia do País.

12 de ago de 2017

Flores da minha infância - BEDA12

Hoje compartilho com vocês um seleção de fotos de algumas flores que estão por aqui, na minha casa, desde de quando eu era pequena, algumas delas foram plantadas em canteiros e outras nascem em qualquer lugar no quintal, oras somem e depois reaparecem. Segue as fotos:




 



Essa última a minha avó chama de, Boa Noite!
Amanhã tem mais!

11 de ago de 2017

Quintal, Desafio e a vida - BEDA11

Estão vendo essa foto aí? Este é o retrato do meu desafio.


Transformar esse espaço em algo útil, como vocês podem ver ele está todo bagunçado, parecendo até uma lixeira, sabe como é uma obra aqui outra ali e vamos acumulando entulhos e assim inutilizando o nosso quintal.

Vai dar trabalho? Com certeza! Organizar, limpar, retirar esses entulhos, vai dar muito trabalho, como disse para vocês este é o meu desafio.

Assim como o quintal dessa foto existem espaços em nossas vidas que precisam ser limpados, digo a você que é mais fácil limpar um quintal do que mexer na bagunça das nossas vidas, mas se não fizermos isso a vida fica cada vez mais complicada e difícil.

Hoje eu me desafiei a melhorar um espaço no meu quintal, e com isso vou dar um passo em direção aos meus objetivos, por enquanto eles ficarão em off.. mas assim que eu organizar tudinho aqui no quintal eu tiro uma outra foto para mostrar o resultado.

Aproveite esta reflexão e comece a se desafiar também, todos nós precisamos de mudanças. Desafios assim só nos fazem crescer. E aí está pronto pro seu desafio?

Amanhã tem mais post por aqui, até!

10 de ago de 2017

Nós Amamos Brechó - BEDA 10

Hello people! É só eu ou tem mais gente aqui que não resiste a um brechó?

Ir ao brechó é uma atividade que faz parte da minha, quando era pequena ia a vários com a minha, primeiro porque não tínhamos uma situação econômica legal e segundo porque a minha mãe gosta mesmo de um brechó. Creio que por causa disso também passei a ser adepta a realizar compras no brechó, tem um aqui perto de casa maravilhoso, vira e mexe compro algumas roupas lá.
Eu costumo fazer apenas compras de roupas, já a minha mãe, vixi ela compra tudo. Roupa, louça, móveis, eletrodomésticos entre outras coisas, já não tem lugar na casa para tanta coisa, mas ela está comprando.
Comprar em brechó tem as suas peculiaridades, trago para vocês algumas dicas. Let'go!
Vestido Jeans Branco, R$5,00
1) Não compre sem experimentar: Já fui em vários brechós aqui no Rio que não possuem cabine para experimentar as roupas, quando é assim nem perco meu tempo, faço isso porque sei que caso a roupa não dê em mim ou vou ter que mandar para costureira ou vou ter que voltar para trocar, as vezes não há outra peça que valha a troca.

2) Compre o que costuma usar: Quando a grana está curta e estou precisando de um tipo específico de roupa sempre dou uma olhada no brechó, uns tempos desses percebi que precisava de bermudas jeans para passeio, resultado comprei duas em perfeito estado por menos de R$ 20,00.

3) Não pague caro: Não importa se a roupa é de marca ou não, se for pra comprar caro então compro uma roupa nova.

4) Sempre olhe as costuras: Sempre olhe! Olhe detalhadamente pois a peça pode está com algum defeito e por isso a mesma se encontra no brechó, tem muito espertinhos por aí, infelizmente alguns brechós não levam o negócio com honestidade. Sempre reparo o estado de higiene das roupas e do lugar e como elas estão expostas. Parto do seguinte princípio que antes de mais nada o vendedor tem que cuidar da sua mercadoria.

Então essas foram as dicas que separei para vocês.

Até o próximo post!

9 de ago de 2017

Marley meu gatão - BEDA09

Pra quem me acompanha nas redes sociais, já sabe que eu tenho um bichano lindo, e o nome dele é Marley.


Coloquei esse nome porque ele tem a mesma cor do cachorro do filme Marley e Eu.
O meu gato é um exímio vira lata, a raça mais bonita do Brasil, ele já está comigo há uns cinco anos, tá ficando velho e rabugento.
Desde pequeno já se notava que Marley era um gato muito especial, ele foi dado algumas vezes quando pequeno mas sempre voltava para casa, a sua irmã também, retornou  pra casa após duas semanas, resolvemos então ficar com eles.
Nós tinhamos uma gata aqui em casa,  a Jaguatirica, ela e os seus filhotes sempre vinham de manhã para tomar leite, em determinada manhã ela não apareceu, mas o Marley que na época era filhote veio sozinho e miava muito, ele veio até mim me chamando para ir em algum lugar, e era isso mesmo, ele me levou até a sua irmã que estava agonizando devido a um envenenamento, alguns passos a frente estava a jaguatirica já morta, era uma gatinha tão dócil fiquei muito triste. E o Marley perdeu a sua família em um dia só.

Ele ama me observar de manhã no quintal, cuidando das plantas
A combinação perfeita pro Marley é leite e ração, ele fica esperando o leite dele na vasilha caso eu dê apenas ração e vice versa, tem que ser os dois juntos.
Quando ele quer carinho ele se joga no chão fazendo charme para chamar a atenção.
Eu quem decidi que o Marley não iria ser dado, decidi que seria o meu animal de estimação aqui em casa, por isso que quando ele quer alguma coisa o povo manda ele procurar a mãe dele, e quando digo não ele faz graça para os demais da casa, a avó dele sempre cai no seu charme.

Aqui em casa ele tem vários apelidos: safado, sem vergonha, Marley Safadão, Não vale nada e por aí vai.
Ele sempre procura um lugar quentinho para dormir.
Espero que tenham gostado de conhecer o Marley, estou sempre postando foto dele no Instagram @elapensatambem, eu uso uma hashtag especial pra ele #marleymeugatao.



Amanhã tem mais post, até!

8 de ago de 2017

Minha Horta: Como estou progredindo - Agosto.

Hello people!

Hoje vim compartilhar com vocês a situação da minha tão sonhada horta. Let's go!
Alface e cebola plantados no mesmo canteiro
Pé de beterraba
Minha beterraba
Daqueles vegetais que decidi plantar em Abril, só vingou até agora a beterraba e a cebola. De lá pra cá tenho plantado outros vegetais e estou tendo sucesso com a abobrinha, abóbora, pepino e o alface.
Depois de muitas tentativas, digo várias mesmo, pense em duas caixas de ovos usadas como sementeira, então foi esse o número de tentativas. Continuo persistindo já estou indo para segunda mudinha de alface, espero que tenha pegado o jeito.

Eu tinha dois pezinhos de beterraba em Maio, mas quando os transplantei para o chão apenas um resistiu e está indo de vento em popa.

Minhas cebolas estão bem, não tive nenhuma perda desde Maio.

Por hora estão crescendo o meu pezinho pepino e as minhas abobrinhas.




O que anda me preocupando é o meu pé de abobóra, ele já cresceu mais de três metros e não dá uma flor e o que é pior algumas folhas começaram a secar, não sei se é porque estão velhas ou se tem algum problema mesmo, se alguém tiver dicas sobre os cuidados com a abóbora me fale.



Meus próximos desafios são: Couve, Morango e Quiabo.

Espero que tenham gostado desse post e lembre-se amanhã tem mais!






Até o próximo post!

7 de ago de 2017

O Príncipe Encantado Moderno - BEDA07

Eu fico tentando entender dentro da minha mediocridade até quando nós mulheres ficaremos procurando um padrão de homem que atenda todas as nossas necessidades, se antigamente todas estavamos atrás dos Príncipes Encantados criados pela Disney, hoje nós estamos atrás do Rodrigo Hilbert.


E tem muito homem por aí preocupado com os múltiplos talentos desse cara. De fato Rodrigo Hilbert quebra muitos paradigmas no universo masculino, porém esse marketing todo que estão fazendo em torno dele prejudica e muito o tão complexo universo feminino.
Rodrigo Hilbert não é um homem feito, mas sim um homem educado e criado por sua mãe, avós e tias. Com essas mulheres ele pôde aprender o básico, aquilo todo o ser humano deve saber para viver, como por exemplo preparar o seu próprio alimento, cuidar do local onde mora e principalmente ganhar honestamente o dinheiro para o seu próprio sustento.
Acredito que exista muitos caras aí bem talentosos, mas como eles não são um Rodrigo Hilbert poucas mulheres dão valor, porque apesar do tempo ter passado elas ainda sonham com o Príncipe Encantado.
A ideia do Príncipe Encantado foi repaginada igual aos filmes das Disney, hoje o príncipe vem para atender as necessidades da mulher moderna ele é bonito, prendado, com dinheiro, bom de cama e que se dá bem com crianças.
Nossa que cara perfeito!
Será que existe mesmo o cara perfeito? Que a vida de Rodrigo Hilbert e Fernanda Lima é perfeita.
Fico pensando no dia que Rodrigo Hilbert pisar na bola, ele deixará então de ser um homão da porra?
Fica aí a minha reflexão sobre o assunto.
Amanhã tem mais, até o próximo post.

6 de ago de 2017

5 de ago de 2017

A felicidade maior

Onde está a sua felicidade? 

Por esses dias lendo as publicações de várias blogueiras para o BEDA, me deparei com um texto onde a autora falava sobre lutarmos por aquilo que queremos, porque só nós sabemos o que nos faz feliz.
Aquele texto me fez refletir. Pensei cá comigo: " as vezes limitamos a felicidade ao nosso querer".
Não acredito que possamos viver uma felicidade plena nesta vida, mas creio que momentos de felicidade não estão restritos à apenas o que eu quero, ficamos tão focados e até paranóicos em algo que deixamos passar vários momentos felizes.
Quando estou muito deprimida começo a olhar em minha volta buscando algo que possa aquecer o meu coração, seja na natureza ou no gesto de uma pessoa, geralmente esses momentos me demonstram que tenho perdido tempo procurando apenas a minha felicidade, por alguns momentos esqueço que a vida é muito mais do que aquilo que eu quero.
A felicidade é muito maior do que aquilo que desejamos, e só poderemos experimenta - la quando soubermos dividi -la, e quanto mais a dividirmos mais ela crescerá entre nós.

4 de ago de 2017

O motivo da minha magreza - #BEDA04

Hello people!
Como vocês estão? Hoje vim responder uma pergunta que sempre me fazem.
Por qual motivo eu sou magra?
As vezes fico incomodada com o quanto as pessoas são paranóicas nessa questão de peso. Por diversas vezes cheguei em alguns lugares e antes de me cumprimentar ou saber como estou alguém faz um "elogio" sobre a minha magreza. Isso não me chateia muito, mas é perceptível que a pessoa não está satisfeita com o peso dela e possivelmente pensa que ser magra é a solução de todos os problemas, fora que me deixa em uma situação constrangedora.
O meu objetivo nesse post não é passar uma receita sobre como ficar magra e nem tão pouco digamos me "gabar" disso.
Existem vários fatores que contribuem para minha magreza:
1)  Genética - Sim ela é a maior responsável por isso, a maioria das pessoas da minha família são magras.
2) Alimentação - Não sou uma pessoa fresca para comer e também não sou do tipo que come com os "olhos", como de tudo, são poucos os alimentos que não gosto. Aprendi a ter uma alimentação mais consciente isso devido a minha vontade de aprender. Sempre gostei de Ciências, lembro de quando era pequena me amarrava em ler sobre os vegetais e as vitaminas que cada um possuía e também os seus efeitos de cura. Até hoje sou assim.
3) Educação Alimentar - Nasci com a educação de que existe hora para comer e além disso tive uma mãe que cozinhava de um tudo, do Salmão a Rabada rsrsrs, verduras, legumes, frutas sempre tinham lá em casa e se não quisesse comer ficava com fome. Tinha os besteirois da vida, mas não eram frequentes rsrsrsrs.
4) Exercícios - Sempre gostei de esportes, amava as aulas de Educação Física e sempre fui uma criança que preferia correr, soltar pipa ou brincar de pique, não gostava muito de ficar parada.
Como vocês podem ver, existe uma série de fatores que contribuem para minha magreza, rsrsrs, mas tenho consciência que o maior responsável disso é o meu metabolismo, tenho facilidade de perder peso rápido e sim já engordei algumas vezes, isso porque mudei os meus hábitos, passei a comer mais frituras e fastfood e a me exercitar menos.
Logo, não sou magra de ruim, sou magra porque nasci assim e me mantenho assim, preciso cuidar da minha saúde como qualquer ser humano.
E ao contrário do que alguns pensam, ser magra não é sinal de saúde, tenho problemas de saúde que pessoas com sobrepeso não têm.
Como todas a brasileiras sofro com as minhas medidas ao comprar uma roupa e várias vezes desisto da roupa. Além de comprar uma roupa ainda tenho que mandar apertar e fazer bainha, o P nem sempre serve e o PP não entra.
Quando a condução está cheia todo mundo quer apertar a magrinha, como se a gente coubesse em qualquer lugar, sou magra mas ocupo lugar no espaço e as pessoas não respeitam isso as vezes. Muitos associam a minha magreza com fraqueza, apanhava muito na escola por conta disso como era magrinha com qualquer um podia bater e estava tudo certo.
Sou um ser humano igual a todos, estar magra tem as suas vantagens e também as suas desvantagens​. Como disse perco peso muito rápido, o estresse ou um simples resfriado já são suficientes para eu perder peso, mas para ganhar não é tão simples assim, tenho que sempre estar de olho no meu colesterol, normalmente quando ganho um peso a mais o meu colesterol está alto, então o que faço é procurar me manter o mais saudável possível.
Saúde essa para mim é a palavra chave, procurarmos ter a melhor saúde possível.
Espero que tenham gostado do texto e fica ligadinho aqui porque amanhã tem mais!
Até o próximo post.

3 de ago de 2017

A árvore da amizade #BEDA03

Por esses dias conheci uma história de dois amigos muito legal, e gostei ainda mais da história porque envolve uma árvore.
Tudo se resume em um homem que não tinha um presente para dar ao amigo que iria se casar.



O senhor Pedro é um homem muito simpático que vive no interior de Minas Gerais e gosta de receber amigos e familiares em sua casa seja para almoçar, conversar ou tomar aquele cafezinho com bolo de fubá.  Para mim esse momentos são os mais gostosos da vida!
Em uma dessas reuniões a sua neta agradeceu pela árvore em que estavam pois ela lhes proporcionavam uma boa sombra. Não sabia a sua neta que aquela árvore tinha uma linda história para contar.

Lembra do homem que pensou não ter presente para dar, então ele deu ao seu amigo uma mudinha de planta para que o mesmo plantasse no quintal da sua nova casa, e assim foi, o senhor Pedro plantou a muda que recebera do seu amigo e a planta cresceu e se tornou uma bela árvore que agora lhe serve para reuniões com a sua família.

O legal dessa história é quem embora o seu amigo tenha morrido, a árvore ainda está lá, fazendo-o lembrar de sua amizade e como senhor Pedro diz, ele não poderia ter ganhado um presente melhor.

2 de ago de 2017

Minoria: Pobre, negra e burra! #BEDA02

Pobre, negra e burra! Essa foi a frase que li em um comentário feito em um grupo no Facebook.
Elapensatambem
Foto: Pâmela Photo Produções.

As pessoas começaram a questionar o autor da frase, respondi a ele que não tinha entendido o porquê do comentário, ele poderia ter digitado errado sei lá, esses corretores ortográficos fazem a gente passar por cada situação, mas não, posteriormente o mesmo me mandou algumas mensagens com vários xingamentos.

Eu de nenhuma forma ofendi aquela criatura, nem se quer discuti com ele acerca do seu comentário, mas entendi que apesar disso, ele já possuía dentro de si um preconceito.
Segundo as palavras dele, o pobre e o negro são pessoas burras, e são a minoria.
Essa palavra minoria é a que mais mexeu comigo, o que leva a uma pessoa a pensar que os pobres e os negros são minoria?

Não preciso aqui usar nenhuma pesquisa do IBGE para mostrar que a maior parte dos brasileiros são de pessoas pobres, financeiramente falando, e um outro tanto são descendentes de negros, que nem sempre são pobres.

Se continuarmos pensando que somos a minoria então a verdadeira minoria continuará governando esse país, precisamos ocupar cada vez mais cargos de liderança, precisamos cada vez mais formarmos doutores, engenheiros e advogados, precisamos eleger pessoas que realmente nos representam e colocá-los na linha de frente desse país.

São vários fatores históricos que precisam ser considerados para entender a atual situação social do Brasil e o maior deles é sim a discriminação com o negro e com o pobre. Ações geram resultados, mas somos um povo inteligente, e precisamos acreditar no nosso potencial, quando acreditamos que podemos, que somos capazes conseguimos então quebrar as correntes. Isso foi o que a mãe da professora Diva Guimarães fez, acreditou que era possível dar estudo a sua filha e hoje apesar de não estar viva para ver, a sua filha nos dá um belo testemunho do que é ser, rica, negra e inteligente.

Compartilho com vocês um vídeo gravado na Semana da Literatura em Paraty, onde uma professora faz um discurso comovente, ali ela demonstra que apesar das dificuldades se lutarmos poderemos quebrar as barreiras impostas por essa minoria de pessoas que hoje governam o nosso país:
Professora Diva Guimarães.


Amanhã tem mais post, até lá.

Texto editado no dia 03/08/2017, após os queridos comentários de Bruna Morgan e Nary obrigada meninas.

1 de ago de 2017

Eu sou o meu tipo de mulher - #BEDA01

Essa semana estava conversando com uma jovem ( quero dizer uma mulher mais jovem que eu) e ela estava comentando sobre o seu tipo de cabelo, ela comentava que tinha desistido de ter um cabelo liso e que se Deus quis dar a ela um cabelo ondulado, então ela tinha que aceitar.
Foto: Pamela Photo Produções

Hoje vendo um vídeo no Facebook, uma outra mulher dizia que ela mesma é o seu tipo preferido de mulher, e incentivava a outras mulheres a pensar o mesmo sobre si mesmas.

Duas mulheres diferentes, duas perspectivas diferentes de aceitação, lógico que a mulher do vídeo tem uma visão mais madura de si mesma enquanto a jovem ainda está engatinhando no processo de se descobrir, mas eu fiquei muito feliz com as duas histórias.

A segunda mulher para mim foi alguém que reafirmou aquilo que eu pensava de mim, mas ainda não tinha identificado o que eu pensava, e sim EU SOU O MEU TIPO PREFERIDO DE MULHER.
Já a jovem me fez lembrar de quando comecei a não querer mais ser influenciada pelos padrões estéticos impostos pela sociedade, e passei a exibir o meu EU da forma como Papai do Céu me fez.
Sei que a jovem fez uma decisão devido a não ter sucesso em conseguir o tão sonhado cabelo liso, porém entendo que essa decisão é um início no seu processo de aceitação.
Espero que com o tempo a visão que ela tem de si mesma amadureça é que nós mulheres que já estamos nessa caminhada há algum tempo, nunca deixemos de usar a nossa voz e de influenciar as futuras gerações nesse processo.

Até o próximo post.